O Projeto Eco-Escolas é um programa internacional que pretende encorajar o desenvolvimento de atividades visando a melhoria do desempenho ambiental das escolas, contribuindo para a alteração de comportamentos e do impacto das preocupações ambientais nas diferentes gerações, reconhecendo e premiando o trabalho por elas desenvolvido. Visa, ainda, criar hábitos de participação e de cidadania, tendo como objetivo principal encontrar soluções que permitam melhorar a qualidade de vida na escola e na comunidade.

O Projeto Eco-Escolas rege-se por uma metodologia de 7 passos:

1.º Conselho Eco-Escolas
– É constituído por alunos, docentes, pessoal não docente, pais/encarregados de educação e representantes da autarquia/junta de freguesia, podendo ser convidados, para a sua integração, outros elementos da comunidade escolar.
– É responsável, entre outras competências, por elaborar um Plano de Ação Anual, monitorizá-lo e implementá-lo.

2.º Auditoria Ambiental
– Tem por objetivo identificar os aspetos a melhorar no Agrupamento de Escolas.

3.º Plano de Ação
– Contempla, entre outros, as atividades a desenvolver ao longo do ano, abrangendo vários temas de trabalho: Resíduos, Água e Energia e ainda um outro tema do ano ou outros que a escola pretenda trabalhar. 

4.º Monitorização e avaliação
–  Análise do sucesso das atividades realizadas face a metas concretas.

5.º Integração Curricular
– As atividades podem ser integradas em várias disciplinas.

6.º Informar e envolver
– As ações podem envolver toda a comunidade.

7.º Eco-Código
– Consiste num conjunto de frases, ideias ou compromissos elaborados pelos alunos da escola, que traduzam o código de conduta/regulamento ambiental da escola.


PLACARD ECO-ESCOLAS
Resultado das atividades desenvolvidas pelo Eco- ­Escolas ao longo deste ano e consequentemente, será a linha orientadora da comunidade escolar no próximo ano letivo.